segunda-feira, 9 de junho de 2008

DESAFIANDO A SUA CAPACIDADE PELA FÉ

Js 1:5-9
“A sua capacidade necessita de responsabilidades para expor suas possibilidades. Faça o que você pode com o que você tem e no lugar em que você está” (Theodore Roosevelt).

Inrodução: Quando Deus chamou Moisés, fez-lhe uma pergunta: “o que tens...”, ele respondeu: “tenho uma vara”; quando a mulher viúva procurou Elizeu, ele fez a ela uma pergunta: “o que tens?”, ela respondeu: “um pouco de azeite”; quando Deus pediu a Elizeu que fosse até um determinado lugar que Ele havia providenciado uma viúva que iria lhe dar sustento, a mulher possuía pouca coisa, mas usou o que tinha, 1Rs 17:10-13. Não importa para Deus o quanto você tem ou pode, com Ele tudo se torna diferente e abundante. Davi tinha apenas uma funda e cinco pedrinhas, mas acreditava que era suficiente, pois a maior ajuda vem de Deus e não de nossos recursos.
As pessoas que se tornaram bênçãos para a humanidade são, normalmente, homens e mulheres que decidiram que possuem muito mais do que os outros disseram. As pessoas que abençoam o mundo são as que acreditam que há uma capacidade dentro delas, dada por Deus, para realizar coisas maravilhosas. Muitas nem sabiam exatamente o que podiam fazer, mas acreditaram que fariam e fizeram.

Que altura você pode pular?
Creio que todos os discípulos poderiam ter caminhado sobre a água. O potencial estava presente neles, como estava Pedro. Entretanto, somente Pedro foi bem sucedido, porque somente ele teve a coragem de dizer: "Se você me desafia, eu aceito Seu desafio". Embora criticado por ter afundado, nenhum de nós nunca caminhou sobre a água. Ele é o único que poderá dizer no céu, quando chegarmos lá: "eu caminhei na água. O que você fez?”
Todos vêem Jesus, mas poucos são os que falam "mande-nos fazer alguma coisa. Dê-nos desafios para o nosso potencial". Os homens e mulheres que são um bem para o mundo, e trazem mudanças positivas são aqueles que concedem algo para maximizar o seu potencial.
Dê à sua capacidade, uma responsabilidade
Isso transformará o mundo. Há uma riqueza de capacidade no seu interior, só que você não tem lhe dado nenhuma responsabilidade. Não morra sem maximizar sua capacidade, isso é uma irresponsabilidade. Você não tem o direito de morrer com o que Deus colocou dentro de você para ser vivido. Não leve para a sepultura a unção que Ele derramou sobre sua vida, At 1:8, Lc 10:19.
Não espere ser desafiado
Deus prometeu que faria muito mais do que imaginássemos ou pensássemos. O seu poder está disponível para você. Esse poder está operando em você? Diga a Deus: "Eu tenho um potencial, pois a unção do Espírito está em mim. Leva-me a fazer algo que marque esta geração".
Deus lhe deu a habilidade ou capacidade que o mundo necessita. Ele estava esperando o seu nascimento. Talvez tenha plantado em você uma habilidade única para trabalhar para a vida. Imagine um bebê quase morto, ficando roxo nas suas mãos. Os outros logo pensam em agentes funerários, mas você sabe que Deus lhe deu o potencial de restaurar vidas. Você crê em Deus e ora, pelo poder do Seu Espírito: "Deus, este bebê precisa viver". Mesmo que a presença de alguém dificulte sua oração, você toca levemente no potencial que Deus plantou profundamente, dentro de você, crendo na vida do bebê, pois há uma fé dentro de você que crê que a Deus tudo é possível.
Os milagres acontecem quando damos uma responsabilidade para o nosso potencial. Nosso potencial foi criado dessa foram. Não permita que tudo o que está no seu interior morra com você por falta de desafios. Deus plantou a semente no potencial dentro de você. Ele o criou de acordo com o principio do potencial - como o resto de sua criação. Não desperdice esse dom. Responsabilize seu potencial.
Derrote as dificuldades
Você não é apenas o seu corpo. Algumas das mentes mais brilhantes do mundo estão ou estiveram em cadeiras de rodas.
Lembremo-nos do presidente Roosevelt na cadeira de rodas. Você já pensou que um invalido poderia ser o presidente de uma das maiores nações da Terra? Já li a história de um homem: um grande matemático, sofrendo de uma enfermidade que estava destruindo seus ossos. Ele é apenas um tipo de pessoa que está desaparecendo. Você deveria vê-lo. Ele parece feio comparado ao que chamamos de bonito. Todo seu corpo estava torto. Ele não conseguia escrever. Mas, diziam que tinha os maiores cálculos matemáticos dos nossos dias. Professores iam a sua casa, usavam sua escrivaninha e escreviam tudo o que ele dizia. Eles desenvolviam livros de matemática para as universidades, a partir deste cérebro. Sua doença não destruiu o seu potencial. Ele é um jovem que derrotava chances contrarias, usando todas as fórmulas que Deus colocou dentro dele.
Suponha que você venha a enfrentar algum problema ou dificuldades, com toda inteligência que você tem, você desistiria? O seu sonho depende do seu corpo? Não diga “não” tão rápido. Alguns de vocês desistiriam e ficariam deprimidos e tristes dizendo: “oh! A vida não me ajudou; Deus me abandonou” e permitiria que todos os seus sonhos morressem numa cadeira. E aí, você desistiria?
Não desista se você não é um galã. Não desista se você está enfrentando dificuldades. Seu potencial não é determinado pelo fato de poder ver a impressão de um livro, atravessar a rua ou levantar objetos pesados com as mãos; seu potencial não é destruído porque a sua mãe ou seu pai é alcoólatra e não te dão o devido valor. Seu potencial não pode ser destruído por que outros estão querendo infiltrar coisas negativas na sua mente. Há muitos que estão em ruínas, abandonaram todos seus sonhos por causa de situações negativas; mas há outros que são verdadeiros sucessos, apesar de tudo ao seu redor ter sido voto contrário. Não seja um derrotado. As dificuldades vieram ou virão e você precisa derrotá-las, Rm 8:31; Fl 4:13.

CONCLUSÃO: A maioria das pessoas têm fé em Deus, mas nem todas têm logrado êxito na sua fé, simplesmente pela falta de sustentação da mesma. Quando a fé está assentada na base sólida da Palavra de Deus, tem qualidade, e é justamente essa fé, que podemos chamar de qualitativa, que promove a vida de qualidade.
A falta de qualidade da fé é justamente a razão pela qual a maioria dos religiosos não obtêm bons resultados práticos, mesmo tendo fé em Deus. A vida depende da fé, mas se a fé é desqualificada, a vida também será desqualificada.
Postar um comentário