quarta-feira, 24 de agosto de 2011

Coisas a Serem Evitadas no Ministério

Coisas a serem evitadas pelos ministros da Palavra


"Timóteo, guarda o tesouro que te foi confiado, evitando as conversas insignificantes e profanas, e as objeções do que falsamente se chama conhecimento; alguns se desviaram da fé por professá-lo. A graça seja convosco" (1 Timóteo 6.20-21).

O apóstolo Paulo, sendo um eficiente discipulador de Timóteo, adverte-o a evitar algumas coisas que para nada aproveitam, senão para perdição e confusão.

Creio que isso é importante para cada um de nós também, nos dias atuais, uma vez que as palavras podem trazer restauração ou uma imensurável ruína.

A primeira coisa a ser evitada é conversas insignificantes, ou como afirma a Versão Revista e Atualizada, falatórios inúteis.
Quantas vezes temos de conviver com esse tipo de conversa que é totalmente inútil. Não se trata de coisas imorais, mas coisas que podem ser evitadas. Creio que Paulo queria alertar Timóteo a não ser o alimentador desse tipo de conversa. A boca vai revelar o que, de fato, há no coração. Portanto, devemos encher o coração com coisas edificantes e abençoadoras: "O meu coração ferve com palavras boas; falo do que tenho feito no tocante ao rei; a minha língua é a pena 
de um destro escritor" (Sl 45.1).
Conversas insignificantes não levam a nada, não se aproveita.

A segunda coisa a ser evitada é conversas profanas.
Aqui já está se referindo àquelas conversas que são pecaminosas e que trazem contaminações a alma humana. Trata-se de desonra, violação, ofensa. Em Levítico 10.10, a Lei determina que deve haver separação entre santo e profano: "para fazer diferença entre o santo e o profano e entre o imundo e o limpo". O mesmo se deu nos dias do profeta Ezequiel: "E a meu povo ensinarão a distinguir entre o santo e o profano e o farão discernir entre o impuro e o puro" (Ezequiel 44.23). Jesus foi bem taxativo: "Seja, porém, o vosso falar: Sim, sim; não, não, porque o que passa disso é de procedência maligna" (Mateus 5.37).
"Se alguém falar, fale segundo as palavras de Deus; se alguém administrar, administre segundo o poder que Deus dá, para que em tudo Deus seja glorificado por Jesus Cristo, a quem pertence a glória e o poder para todo o sempre" (1 Pedro 4.11).

A terceira coisa a ser evitada é objeções do que falsamente se chama conhecimento, ou contradições do saber.
Ninguém deve ser mestre aos seus próprios olhos. Todos somos chamados a servir, no entanto aqueles que servirem bem serão honrados. Que outros nos honrem e não nós mesmos.
O verdadeiro conhecimento do ministro da Palavra está na Bíblia Sagrada. Deus se revelou a nós naquilo que é suficiente. Quando tentamos ir além do que está revelado passamos à contradizer e colocar em dúvidas a própria revelação. Não somos obrigados a saber tudo o que as pessoas desejam para satisfazer suas curiosidades. Paulo advertiu Timóteo: "prega a palavra, insiste a tempo e fora de tempo, aconselha, repreende e exorta com toda paciência e ensino" (2 Timóteo 4.2).

Conclusão: Paulo disse que o fato de pessoas não terem evitado essas coisas o resultado foi pessoas desviadas. "Tem cuidado de ti mesmo e da doutrina; persevera nestas coisas; porque, fazendo isto, te salvarás, tanto a ti mesmo como aos que te ouvem" (1 Timóteo 4.16).



sábado, 20 de agosto de 2011

NÃO PERCA FINAL DE SEMANA DIAS 27 E 28 DE AGOSTO


Deus livra-nos da crise

Todos nós podemos sentir-nos oprimidos e desafiados diante das mais diversas circunstâncias da vida. No entanto, Deus não permite sermos provados além do que podemos suportar, pois junto com a provação, Ele nos dará o escape, 1 Co 10:13. É claro que a maioria dos nossos dissabores são conseqüências das nossas atitudes impensadas e por não tomarmos o devido cuidado diante da Palavra de Deus. Clique no link abaixo e seja abençoado:

Solidão - um mal a ser vencido

www.iprsaojose.org/wp-content/uploads/2009/09/solidao-um-mal-a-ser-vencido.pdf

terça-feira, 16 de agosto de 2011

Jesus Alerta sobre a Avareza


"E disse-lhes:
- Acautelai-vos e
- guardai-vos da avareza,
porque a vida de qualquer não consiste na abundância do que possui.
E propôs-lhes uma parábola, dizendo: a herdade de um homem rico tinha produzido com abundância.
E arrazoava ele entre si, dizendo: Que farei? Não tenho onde recolher os meus frutos. E disse: Farei isto:
- derribarei os meus celeiros, e
- edificarei outros maiores, e
- ali recolherei todas as minhas novidades e os meus bens;
e direi à minha alma: alma, tens em depósito
- muitos bens,
- para muitos anos;
- descansa,
- come,
- bebe e
- folga.
Mas Deus lhe disse: Louco,
- esta noite te pedirão a tua alma, e
- o que tens preparado para quem será?
Assim é aquele que para si ajunta tesouros e não é rico para com Deus" (Lucas 12:15-21)

quinta-feira, 11 de agosto de 2011

A Marca da Besta


A Marca da Besta, há muito tempo, tem sido alvo de acirrado debate e, até mesmo, de sensacionalismo chocante.
Embora as pessoas possam apenas especular quanto aos detalhes do que vai acontecer e ao modo pelo qual a Marca da Besta será posta em prática, há, pelo menos, um fato que está fora de discussão: a implementação da marca descrita em Apocalipse 13 será um acontecimento marcante e sem precedentes na história humana.
Você sabia que o mundo se prepara atualmente para a utilização dessa marca?
Em todos os aspectos da vida neste mundo – desde a economia e a política até a religião – há fortes indícios de que estamos mais perto do que nunca daquele momento em que um sistema global de identificação deixará de ser uma impossibilidade fantasiosa, para se tornar uma realidade provável.
Este livro acompanha os diversos estágios de desenvolvimento da preparação que está em curso para a utilização dessa marca. Entre eles se incluem:


quinta-feira, 4 de agosto de 2011

Teologia Pentecostal: O Dia do Orgulho Heterossexual e as besteiras da Bancada Evangélica

O vereador Carlos Apolinário (DEM-SP) resolveu levar uma ideia infeliz até o fim. A Câmara Municipal de São Paulo aprovou o Dia do Orgulho Heterossexual. Ah, mas não existe a comemoração do Orgulho Gay? Sim, existe e é uma idiotice. Eu não acho que combateremos idiotices com novas idiotices. E é bom lembrar que toda militância com orgulho é um horror! Agora, o Projeto de Lei 204/2005 depende da sanção do prefeito Gilberto Kassab (PSD-SP). Clique no título ou no link para ler:

quarta-feira, 3 de agosto de 2011

Agosto - Mês do Gosto

O mês de Agosto é chamado por muitos de "mês do desgosto". As agendas demonstram que muitos fogem desse mês quando querem casar, mas isso acontece quando temos uma sociedade supersticiosa e que atribui muitas coisas ao acaso. Nós, porém fazemos menção do Nome do Senhor, nosso Deus.

Para aqueles que servem a Deus, todos os dias são dados pelo Senhor. Portanto, encare cada dia desse mês como sendo "o dia que o Senhor nos deu, regozijemos e alegremo-nos nele".

O diferencial na nossa vida não está em um dia ou mês, mas nas atitudes que tomamos neles. Aos que vivem num propósito de servir a Deus e seguir seus princípios, todo dia é uma nova oportunidade de conquista, bem como, de poder serem úteis à sociedade.

Não creia em nada que venha obscurecer um mês que pode ser de muita valia na sua vida. Que este seja o mês de gosto.

"Perto quero estar; junto aos teus pés... Te louvarei, não importam as circunstâncias", diz a bela canção do Ministério Apascentar.

Este é o mês que nos fez o Senhor, regozijemos e alegremos-nos nele!



segunda-feira, 1 de agosto de 2011

As Conseqüências do Fracasso Espiritual | Artigos | Chamada

As Conseqüências do Fracasso Espiritual | Artigos | Chamada: "Duas histórias do livro de Josué nos ensinam que o viver cristão vitorioso significa concentrar nossa atenção no que Cristo fez por nós, e não nas nossas próprias experiências". Clique no título e leia na íntegra.

Seminário de Libertação e Cura

Seminário de Libertação e Cura!

Foi excelente a realização desse Seminário, nos dias 28 a 31 de Julho de 2011 com Pastor Márcio.

Algo sobrenatural, mas simples de aplicar e entender. No entanto, é necessário muita intimidade com Deus. O segredo da vitória sobre o mal é manter a vida em santificação.

Foram momentos de grande aprendizado e de retomada de propósitos diante de Deus. Os depoimentos que ouvimos no culto de domingo, à noite, mostram como foi importante na vida de cada participante.

Dentro das Sagradas Escrituras vimos o quanto é sério o assunto de Batalha Espiritual, mas pudemos ver a ação de Deus trazendo o Seu melhor para aqueles que desejam e creem no Seu poder.

Queremos que as palavras de Lucas 4:18-19 sejam vivas no ministério da Igreja, cujo papel é dar sequência ao evangelismo eficaz e completo.

Glória sejam dadas a Deus!

Bíblia com Hinário Aleluia