quarta-feira, 28 de dezembro de 2011

Não Basta Apenas Seguir em Frente


EM QUAL CAMINHO VOCÊ ESTÁ?
Is 40:27

INTRODUÇÃO: A nossa vida é comparada a uma trajetória. Isso envolve tudo o que acontece conosco, seja bom ou mau, certo ou errado, agradável ou desagradável, verdadeiro ou falso. Em Ageu 1:5 e 7, Deus usa o profeta para advertir o povo da seguinte forma “aplicai o vosso coração aos vossos caminhos”, isto é, faça uma investigação da sua vida, a fim de viver uma vida segura e proveitosa. Há um dizer que muitos conhecem: “viver sem tempo para Deus é viver perdendo tempo”.

TRANSIÇÃO: No texto básico vemos Deus confrontando seu povo: “por que vocês ficam dizendo que os seus caminhos estão encobertos diante de mim? Na verdade nada podemos esconder dele. Se estamos no caminho certo ou errado, tudo está claro diante dele. Ele conhece as nossas obras e sabe perfeitamente com quais intenções fazemos cada coisa. Portanto, devemos orar com sinceridade a oração do salmista: Senhor, tu me sondas, e me conheces. Tu conheces o meu sentar e o meu levantar; de longe entendes o meu pensamento. Esquadrinhas o meu andar, e o meu deitar, e conheces todos os meus caminhos. Sem que haja uma palavra na minha língua, eis que, ó Senhor, tudo conheces... Sonda-me, ó Deus, e conhece o meu coração; prova-me, e conhece os meus pensamentos; vê se há em mim algum caminho perverso, e guia-me pelo caminho eterno” (Sl 139:1-4, 23-24). Vamos analisar em que caminho podemos estar:

I – AQUELE QUE PARECE BOM, MAS NÃO É
A Palavra de Deus diz: “Há um caminho que ao homem parece direito, mas o fim dele conduz à morte” (Pv 14:12).
É necessário que estejamos atentos para não sermos enganados. Os homens e as mulheres sempre procuram algo que lhes seja agradável e conveniente ao seu modo de julgar. Isso é um perigo. O que precisamos é descobrir a verdade, independente se elas vão me ferir ou não. Não posso querer algo que me seja conveniente, mas fazer tudo para me enquadrar na vontade de Deus.
O bom remédio é aquele que se apresenta desagradável, mas seu efeito é comprovado. Às vezes, procuramos por coisas agradáveis, mas que não nos levam a nada de positivo.
Pv 12:15 afirma que: “O caminho do insensato é reto aos seus olhos; mas o que dá ouvidos ao conselho é sábio”.

II – AQUELE QUE LEVA AO INFERNO
Veja o que diz a Bíblia: “Para o sábio o caminho da vida é para cima, a fim de que ele se desvie do inferno que é em baixo” (Pv 15:24). Aqui podemos ver a inferioridade do caminho que conduz ao inferno. Pensando nisso, Paulo nos admoestou a “buscar as coisas que são de cima... pensai nas coisas que são de cima e não nas que são da terra” (Cl 3:1-2).
A parte final de Mateus 7:13 afirma que o caminho para o inferno tem uma maior amplitude, o que aparenta ser mais confortável: “... larga é a porta e espaçoso o caminho que conduz à perdição, e muitos são os que entram por ela”; Infelizmente, a maioria acaba sendo enganada por buscar comodismo.
Pv 21:16 “O homem que anda desviado do caminho do entendimento repousará na congregação dos mortos”, que é o inferno.

III – AQUELE QUE CONDUZ A DEUS
Esse caminho é descrito como estreito e apertado, o que exige uma decisão maior, bem como, muita determinação para chegar ao final “e porque estreita é a porta, e apertado o caminho que conduz à vida, e poucos são os que a encontram” (Mt 7:14).
Deus providenciou um caminho para que pudéssemos chegar a Ele. Em João 14:6, Jesus afirmou: “Eu sou o caminho, e a verdade e a vida; ninguém vem ao Pai, a não ser por mim”. Note que Jesus não disse “eu sou um caminho”, mas “eu sou o caminho”, algo definido – único.
Esse caminho foi providência de Deus que foi inaugurado com o derramamento do sangue de Jesus, o sacrifício perfeito: “Tendo pois, irmãos, ousadia para entrarmos no santíssimo lugar, pelo sangue de Jesus, pelo caminho que ele nos inaugurou, caminho novo e vivo, através do véu, isto é, da sua carne, e tendo um grande sacerdote sobre a casa de Deus, cheguemo-nos com verdadeiro coração, em inteira certeza de fé; tendo o coração purificado da má consciência, e o corpo lavado com água limpa, retenhamos inabalável a confissão da nossa esperança, porque fiel é aquele que fez a promessa” (Hb 10:19-23).

CONCLUSÃO: O profeta Isaías foi muito enfático, quando disse: “Deixe o ímpio o seu caminho, e o homem maligno os seus pensamentos; volte-se ao Senhor, que se compadecerá dele; e para o nosso Deus, porque é generoso em perdoar. Porque os meus pensamentos não são os vossos pensamentos, nem os vossos caminhos os meus caminhos, diz o Senhor. Porque, assim como o céu é mais alto do que a terra, assim são os meus caminhos mais altos do que os vossos caminhos, e os meus pensamentos mais altos do que os vossos pensamentos” (Is 55:6-8).
Postar um comentário