segunda-feira, 14 de abril de 2008

A Vontade de Deus na hora da crise

Joel 2:12-13 “Ainda assim, agora mesmo diz o SENHOR: Convertei-vos a mim de todo o vosso coração; e isso com jejuns, e com choro, e com pranto. E rasgai o vosso coração, e não as vossas vestes, e convertei-vos ao SENHOR, vosso Deus; porque ele é misericordioso, e compassivo, e tardio em irar-se, e grande em beneficência e se arrepende do mal”

INTRODUÇÃO: Quando as coisas não vão bem é preciso pararmos e fazermos uma avaliação acerca da nossa vida espiritual. Haja vista que aquilo que acontece no plano físico, material é conseqüência do fator espiritual. Às vezes, nos orgulhamos de termos parado com certas atitudes comprometedoras e achamos que já é suficiente. Mas precisamos saber que devemos continuar santificando nossa vida nas coisas mínimas.

TRANSIÇÃO: O texto básico nos apresenta um tempo em que as coisas não iam bem para o povo de Israel: O espírito devorador havia tomado conta, 1:3; Invasão dos inimigos (pode representar coisas indesejáveis que nos acontecem), 1:5; Mortes prematuras (é o que mais tem acontecido nestes dias – jovens sendo assassinados por causa de drogas, roubo, prostituição, etc.), 1:8; Miséria geral, 1:10, 17-18; Decepções nos negócios, 1:11-12; No entanto, Deus está chamando a nossa atenção para que possamos reverter o triste quadro que se apresenta:

1 – CONVERTER-NOS A ELE

Converter significa mudar de caminho, pensamento, costumes, etc. É preciso que paremos diante do espelho de Deus – a Bíblia – e vejamos como anda a nossa vida espiritual. Não basta mudar de máscara, mas ser transformado à imagem de Deus. Deus requer uma conversão que envolva: Entrega completa – quando diz: “de todo coração”; Renúncia e quebrantamento – quando diz: “com jejuns, e com choro, e com pranto”; “os sacrifícios para Deus são espírito quebrantado, a um coração quebrantado e contrito não desprezarás é Deus”.

2 – VOMITAR TUDO O QUE NOS CAUSA MAL

“Rasgai o vosso coração” - Isto que dizer colocar para fora tudo que prejudica nossa comunhão com Deus. Não tentar esconder nada dele. “E não as vossas vestes” - Há muitos que se preocupam com uma reforma exterior, sem, contudo, haver uma mudança interior. Deus nos convoca a tratar de dentro para fora: “rasgai o vosso coração”. É do coração que procedem os maus pensamentos, adultérios, roubo, ciúme, inveja e toda espécie de males. Precisamos orar como o rei Davi: “cria em mim, ó Deus, um coração puro e renova dentro em mim um espírito reto” (Sl 51:10).

3 – CONHECER VERDADEIRAMENTE QUEM ELE É

Misericordioso, isto é Ele tem pena de nós – não quer que vivamos derrotados, mas vitoriosos. E essa é a causa de não sermos consumidos. Compassivo quer dizer que Ele não nos prejudica, mas quer apenas nos dar o que é bom. Se sofremos é por causa de nossa negligência e não porque Ele quer. Tardio em irar-se, isto quer dizer que quando desobedecemos a Ele, sempre nos dá oportunidade de consertarmos antes que sua ira se manifeste. Se ela se manifestar é por nossa culpa em não aproveitar a chance de conserto. Grande em beneficência – se alguém é capaz de fazer o bem é Deus. Ele quer te conceder toda a boa dádiva e todo dom perfeito. Se arrepende do mal – mesmo quando estou condenado ao inferno Ele faz de tudo para que acordemos do nosso sono da negligência a fim de voltarmos para Ele e sermos vitoriosos.

CONCLUSÃO: Em 2 Crônicas 7:14 há uma palavra forte à nós que somos povo de Deus: “se o meu povo, que se chama pelo meu nome, se humilhar, e orar, e buscar a minha face, e se converter dos seus maus caminhos, então, eu ouvirei dos céus, e perdoarei os seus pecados, e sararei a sua terra”.
Postar um comentário