quinta-feira, 26 de janeiro de 2012

O grande diferencial na igreja

O Espírito Santo faz a diferença

"Deus ungiu a Jesus de Nazaré com o Espírito Santo e poder, o qual andou por toda a parte fazendo o bem e curando a todos os oprimidos do diabo, porque Deus era com Ele" (Atos 10:38).


O Espírito Santo foi enviado para ficar com a Igreja. Ele não vem visitar, mas morar. Muitos cristãos, até bem intencionados, mas inconscientes, oram nos cultos ou reuniões pedindo ao Espírito Santo para os visitarem. Pergunto: Como convidar para nos visitar aquele que já mora em nosso coração? Somos o templo do Espírito, portanto, devemos atentar para isso. Por outro lado é possível frequentar uma igreja, cantar, contribuir e participar da Santa ceia sem estar devidamente envolvido com o Espírito Santo. Isso é muito triste, porque é o Espírito quem mantem a igreja firme no cumprimento de sua missão.


Uma igreja sem o Espírito Santo pode ser comparada a:

Um cadáver - tem forma, mas não manifesta vida;
Um deserto - árido, estéril, horripilante, desequilibrado: dia muito quente, noite muito fria;
Um rio sem água - não serve para nada;
Um carro sem combustível - não adianta insistir, não vai de jeito nenhum;
Uma lâmpada queimada - deve deixar a vaga para outra;
Um vale de ossos secos - só possui história, mas está totalmente ineficaz.

Uma igreja com o Espírito Santo é comparada a:

Um exército bem equipado - nunca é surpreendido pelos inimigos, porque está sempre alerta;
Uma fornalha acesa - só permanece o fiel, o que usa de engano desaparece;
Uma águia - voa majestosamente e com firmeza, interessa-se pelo que está no alto;
Um rio de água viva - proporciona refrigério e vive sempre se renovando;
Uma noiva - bela, perfumada e atraente.

João 7:37-38 mostra como receber o Espírito Santo: "Quem crê em mim como diz a Escritura do seu interior fluirá rios de água viva. E isto dizia Ele do Espírito Santo que haveria de receber todos os que cressem nele"

Efésios 5:18 dá-nos a diretriz para uma vida cristã segura: "não vos embriagueis com vinho, no qual há contenda, mas enchei-vos do Espírito".

Atos 1:8 mostra o segredo da obra missionária da igreja: "Recebereis poder, ao descer sobre vós o Espírito Santo, e sereis minhas testemunhas, tanto em Jerusalém, como em toda Judeia e Samaria, e até os confins da terra".

O Espírito Santo é fogo que aquece, purifica, alastra, clareia, dá consistência, produz energia, queima.
Postar um comentário