quinta-feira, 30 de julho de 2015

Batalhando Vitoriosamente pela Fé

COMO BATALHAR VITORIOSAMENTE PELA FÉ?
Judas 3

INTRODUÇÃO: Deus quer que você e eu sejamos vitoriosos. O diabo quer ver-nos caídos, derrotados. Cabe a você e eu escolhermos: queremos a vitória ou a derrota? Não decidir por algo nobre é o mesmo que entregar-se ao efêmero. Deixar-se levar pela derrota é mais fácil do que lutar pela vitória. Viver e caminhar de modo vitorioso não ocorre de modo automático, nem se trata de um passe de mágica, ou por acaso. É necessário que creiamos e tomemos  posse com entusiasmo, porque Jesus já abriu a porta da vitória para nós no mundo espiritual. Viver na derrota compromete o nosso testemunho. Viver vitoriosamente dá ânimo e incentivo a outras pessoas de nosso convívio. Para vivermos vitoriosamente não é impossível, basta que observemos alguns princípios.

TRANSIÇÃO: O texto básico mostra-nos o cuidado de Judas, irmão do Senhor, para com um sério problema, chamado de apostasia. Apostasia é o abandono da fé, incuindo o desprezo e jogar fora tudo que conquistamos. Isso seria muito evidente no fim dos tempos. Ele convoca e adverte a todos que se posicionem e batalhem pela fé que uma vez foi dada aos cristãos.
Convém que nos levantemos e posicionemos zelando pela fé e pelos princípios de vitória estabelecidos por Deus.

I) SENDO CONSCIENTES DO PECADO QUE QUER NOS COMPROMETER, Hebreus 12:1
O pecado é uma abertura para entrada de maldições.
a) Moisés, por um momento, perdeu essa consciência e isso lhe custou a perda de entrar na terra prometida, Números 20:7-13; Deuteronômio 3:23-15.
b) Saul, rei de Israel, foi rejeitado por Deus pelomesmo motivo, 1 Samuel 15:1-3, 11, 13-23.
c) Davi, famoso rei de Israel, foi severamente advertido pelo profeta Natã, 2 Samuel 11:1-5, 15-27.
Se tivermos essa consciência, seremos conduzidos a uma santidade sempre crescente.

2) SENDO CONSCIENTES DO INIMIGO QUE QUER NOS ENGANAR, 1 Pedro 5:8-9
O diabo possui seus ardis, procurando a todo tempo enganar e seduzir-nos para que afastemos do altar de Deus.
a) O inimigo usou a boca de Pedro, quando estava diante de Jesus, Mateus 16:20-23;
b) O inimigo tentou enganar Paulo, Atos 16:16-19;
c) O inimigo se transfigura em anjo de luz, Lucas 10:18; 2 Coríntios 11:14;
d) O inimigo encheu o coração de Ananias e Safira, Atos 5:3.
Essa consciência nos levará a sujeitarmos a Deus e resistirmos o diabo, Tiago 4:7.

3) SENDO CONSCIENTE DO ALVO, QUE DEVE SER NOBRE, Hebreus 12:1-2
Quem não tem consciência do que quer alcançar e onde quer chegar nunca conseguirá.
a) Daniel foi vencedor porque tinha o alvo de manter-se puro, Daniel 1:8; 6:7-10;
b) Os três jovens hebreus, mesmo diante da fornalha ardente, mantinham-se no alvo da fidelidade, Daniel 3:14-15, 24-26;
c) Paulo tinha o alvo firme de cumprir o ministério recebido do Senhor, Atos 20:24; Filipenses 3:12-14; 2 Timóteo 4:7-8;
Essa consciência levar-nos-á a uma vida de objetivos definidos.

CONCLUSÃO: Deus jamais deixou de recompensar aqueles que batalham de forma honrosa e alcançam a vitória. Todo bom soldado tem sua recompensa, 2 Timóteo 4:4-8; Hebreus 6:10; 11:6;
Só receberá o trofeu, aqueles que vencerem. Por isso, esteja ciente do pecado: evite-o, confesse-o, morra para ele; esteja ciente do inimigo: sujeite-se a Deus, resista o diabo e mentenha uma vida de vigilância; esteja ciente do alvo: saiba o que você quer e lute para conseguir, seja decisivo e determinado.
Leiamos Hebreus 10:38-39.
Postar um comentário