terça-feira, 1 de junho de 2010

Ecumenismo

O ecumenismo seria uma maneira diplomática de evitar perseguições e manter a política da boa vizinhança no que tange à fé. No entanto, Jesus afirmou que "se a mim perseguiram, também perseguirão a vós". Paulo, apóstolo, principal escritor do Novo Testamento também deixou bem claro que "todos que querem viver piamente em Cristo pedecerão perseguições".
Como humanos, precisamos respeitar o direito de decidir de cada um, mas isso não quer dizer fazer alianças com aqueles que são opostos à nossa maneira de crer. Diz o Senhor: o meu justo viverá da fé, mas se ele recuar a minha alma não tem prazer nele.
Ser firme na doutrina cristã não quer dizer ser intolerantes com costumes, culturas ou quaisquer outras coisas secundárias, tais como vestes, comida, etc. Firmeza doutrinária é apegar-se aos princípios do que se crê, no caso dos cristãos, apegar-se às Escrituras Sagradas, compreendendo Antigo e Novo Testamentos. 
Costumes devem ser tolerados, princípios jamais devem ser negociados!
"Tem cuidado de ti mesmo e da doutrina, pois fazendo isso te salvarás tanto a ti mesmo, como aos que te ouvem", esta foi a advertência de Paulo à Timóteo, seu discípulo.


Postar um comentário