sexta-feira, 28 de janeiro de 2011

O que fazer em tempos de incertezas?


Salmo 46

Introdução: 

Quando as coisas se tornam difíceis, qual deve ser a nossa atitude? Há uma canção antiga que dizia: “os mais belos hinos e poesias foram escritos em tribulação e do céu as lindas melodias se ouviram na escuridão”. Jesus disse aos seus discípulos: “no mundo tereis aflições, mas tende bom ânimo”.

Transição: 

O Salmo 46 é muito bonito e inspirativo. Suas palavras revelam a fé perfeita em Deus. Ele mostra a grandeza de Deus e convida-nos a observar sua grandeza através das suas obras. Assim, não temeremos diante das circunstâncias adversas.

Tema: O que fazer em tempo de incerteza?

1.     Confiar Plenamente em Deus, vs 1-3

>       Nosso Refúgio – lugar onde se adquire segurança, garantia de vida: “Agora sei que o Senhor salva o seu ungido: ele o ouvirá desde o seu santo céu, com a força salvadora da sua destra.  Uns confiam em carros e outros em cavalos, mas nós faremos menção do nome do Senhor nosso Deus.  Uns encurvam-se e caem, mas nós nos levantamos e estamos de pé” (Salmos 20:6-8).
>       Nossa Fortaleza – o muro que nos garante proteção: “Eu te amarei do coração, ó Senhor, fortaleza minha.  O Senhor é o meu rochedo, e o meu lugar forte, e o meu libertador; o meu Deus, a minha fortaleza, em quem confio; o meu escudo, a força da minha salvação, e o meu alto refúgio” (Salmos 18:1-2).
>       Nosso Socorro – quando precisamos é Ele quem nos ouve e atende: “O nosso socorro está em o nome do Senhor, que fez o céu e a terra” (Salmos 124:8).
>       No Momento Certo – Deus não tarda, Ele age na hora certa: “Cordéis da morte me cercaram, e angústias do inferno se apoderaram de mim: encontrei aperto e tristeza.  Então invoquei o nome do Senhor, dizendo: Ó Senhor, livra a minha alma... O Senhor guarda aos símplices: estava abatido, mas ele me livrou” (Salmos 116:3-4, 6).

2.     Descansar Plenamente em Deus, vs 4-7

>       Como uma criança que se entrega nos braços da mãe ou do pai, assim devemos nos entregar a Deus e crer que Ele fará o melhor em nosso favor.
>       Há um rio que alegra a cidade de Deus, então não temeremos, pois Deus está ativo no meio dela:Porque desde a antiguidade não se ouviu, nem com ouvidos se percebeu, nem com os olhos se viu um Deus além de ti, que trabalhe para aquele que nele espera” (Isaías 64:4).
>       Deus a ajudará desde antes do amanhecer: “o choro pode durar uma noite, mas a alegria vem ao amanhecer” (Sl 30:5).
>       Como devemos esperar?Esperei com paciência no Senhor, e ele se inclinou para mim, e ouviu o meu clamor” (Salmos 40:1).

3.     Considerar as Obras de Deus, vs 8-11

>       Vinde e contemplai – todos são convidados a comprovarem as ações de Deus e, isto nos fortalecerá para outras situações. Num só dia Deus enviou um anjo que derrotou 185.000 soldados assírios que ameaçavam o povo de Israel, 2 Reis 19.
>       Aquietai-vos e sabei que Eu sou Deus – todos aqueles que querem zombar de Deus acabam se dando mal, pois Deus está acima de qualquer poder ou domínio. Veja que Ele assolou o Egito com as dez pragas quando quis libertar os hebreus.
>       Serei Exaltado – A Bíblia firma que sendo Deus soberano, todos haverão de reconhecer o Seu poder. Ele é capaz de fazer muito mais do que você pede ou pensa.

Conclusão: 

Não importa qual seja a situação que envolve a sua vida. Note bem esta palavra: “E Jesus, olhando para eles, disse-lhes: Aos homens é isso impossível, mas a Deus tudo é possível” (Mateus 19:26). “Disse pois Jônatas ao moço que lhe levava as armas: Vem, passemos à guarnição destes incircuncisos; porventura obrará o Senhor por nós, porque para com o Senhor nenhum impedimento de livrar com muitos ou com poucos” (1 Samuel 14:6).
Postar um comentário