domingo, 13 de fevereiro de 2011

Pregando com Compaixão e Paixão

TRÊS COISAS NECESSÁRIAS AO EVANGELISTA
2 Timóteo 4:5

1)      Reconhecer o grande amor de Deus pelas pessoas, Jo 3.16.
Deus ama as pessoas para as quais você está pregando! Ele as criou para Si Mesmo e escolheu direcionar o Seu amor a elas. Ele não quer que elas vivam no pecado, que estejam nas trevas e em sofrimentos, para servirem a falsos deuses e a ficarem separadas do relacionamento com Ele nesta vida e por toda a eternidade. A Sua vontade é que nenhuma delas pereça (2 Pe 3:9).
Permita que o amor de Deus pelos seus ouvintes encha o seu coração. Jesus olhava para as multidões com compaixão, porque Ele via a condição delas de perdição e destruição (Mt 9:36-38). Essa é a compaixão de Deus. Compaixão é o que impele o pregador a pagar qualquer preço para ajudar os perdidos. É mais do que um sentimento de dó. É um sentimento da misericórdia de Deus disponível a todos nós que não a merecemos. Você precisa ter esta mesma solicitude amorosa pelas pessoas que estão perdidas e perecendo.

2)      Precisa da mente de Cristo (1 Co 2:11-16).
O que Jesus sabe sobre aquelas pessoas? Ele sabe o que elas precisam e o que ajudará a atraí-las a Ele. Jesus falou diretamente ao coração da mulher do poço. Ele revelou a situação dela e disse-lhe exatamente o que ela precisava ouvir para levá-la à salvação (Jo 4:7-42).
Jesus o ajudará a saber o que você precisa dizer. Ele conhece as necessidades e carências das pessoas, os seus fracassos e os seus temores. Peça a Deus sabedoria, o Qual a dá liberalmente a todos que a pedem (Tg 1:5).

3)      Todo evangelista precisa do poder e da paixão do Espírito Santo, At 1:8.
Ele precisa da força e da convicção de Deus em sua alma para pregar as Boas Novas. “Paixão”  é uma convicção motivadora, um amor infindável, e um zelo ardente.
A paixão por Deus faz com que o crente persiga seriamente o Senhor e os Seus propósitos. Esta paixão é alimentada como um fogo, quando o evangelista toma tempo para orar e estar na presença de Deus, e quando ele ou ela estuda a Palavra de Deus. 
Quando você é apaixonado pelo Evangelho, você se torna intrépido enquanto proclama a verdade sobre Jesus e sobre o mundo ao seu redor. Você está plenamente persuadido de que o que está dizendo é verdadeiro e importante.
O Espírito Santo dará poder e vida à sua pregação, e o encherá com a paixão de Deus pelos perdidos. Buscar a compaixão de Deus pelas pessoas ajuda a mantê-lo humilde e sensível ao Senhor.
Postar um comentário