quarta-feira, 16 de fevereiro de 2011

DEUS BUSCA E SALVA O HOMEM

DEUS BUSCA E SALVA O HOMEM
Lc 19:10
A iniciativa da salvação e livramento do homem do pecado e de suas consequências pertence a Deus. Não fomos nós que tomamos a iniciativa, mas foi Ele que nos amou e veio até nós.
João 3.16 afirma que “Deus amou o mundo de tal maneira que deu Seu Filho unigênito para que todo aquele que nele crer não pereça, mas tenha vida eterna”.
1 João 4:19 diz: “Nós o amamos, porque ele nos amou primeiro”;
Efésios 2:8-9 afirma: “Porque pela graça sois salvos, por meio da fé; e isso não vem de vós; é dom de Deus. Não vem das obras, para que ninguém se glorie”.
João 15.16 diz: Não me escolhestes vós a mim, mas eu vos escolhi a vós, e vos nomeei, para que vades e deis fruto, e o vosso fruto permaneça, a fim de que tudo quanto em meu nome pedirdes ao Pai ele vos conceda.
A salvação é algo que acontece sobre sólido fundamento e garantia como bem afirmou Jesus:dou-lhes a vida eterna, e nunca hão de perecer, e ninguém as arrebatará das minhas mãos” (Jo 10:28).
“Deus está procurando homens e mulheres em quem possa por o peso do seu amor, a força do seu poder e as suas fiéis promessas” (Lettie Cowman – Livro Manaciais no Deserto).
Deus não nos abandona em meio à jornada cristã. Paulo deixou isso bem claro:
Filipenses 1:6 – “Tendo por certo isto mesmo: que aquele que em vós começou a boa obra a aperfeiçoará até ao Dia de Jesus Cristo”.
2 Timóteo 1:12 – “por cuja causa padeço também isto, mas não me envergonho, porque eu sei em quem tenho crido e estou certo de que é poderoso para guardar o meu depósito até àquele Dia”.
Não importam as circunstâncias, elas servem para que o oleiro de forma ao barro, a fim de torná-lo honroso. Paulo deixou isso claro em 2 Coríntios 4:7-9 – Temos, porém, esse tesouro em vasos de barro, para que a excelência do poder seja de Deus e não de nós:
  • Em tudo somos atribulados, mas não angustiados;
  • Perplexos, mas não desanimados;
  • Perseguidos, mas não desamparados;
  • Abatidos, mas não destruídos.
Pedro, não fugindo à regra, também falou sobre o cuidado divino para com seus filhos: 1 Pedro 1:5 - “que, mediante a fé, estais guardados na virtude de Deus, para a salvação já prestes para se revelar no último tempo”.
No livro Fé para o dia-a-dia, Pâmela Reeve afirma que: “Fé é descansar na certeza de que, mesmo quando todos os eventos da nossa vida parecem sem sentido, Deus tem um propósito definido para nós”
Postar um comentário