segunda-feira, 22 de novembro de 2010

A autoridade espiritual não se ganha mediante promoções ou apadrinhamentos pessoais, mas através de muitas orações e lágrimas. Não está vinculada a grandeza pessoal, mas através do prostrar-se diante de Deus em demonstração de total dependência.
“Jesus lhes disse: Vós sois os que vos justificais a vós mesmos diante dos homens, mas Deus conhece os vossos corações; porque o que entre os homens é elevado, perante Deus é abominação” (Lc 16.15).
Postar um comentário