segunda-feira, 12 de agosto de 2013

Superação diante dos desafios

     Um homem não está acabado quando ele é derrotado em uma batalha, mas sim quando desiste da guerra. A maior prova de coragem é suportar perder uma ou outra batalha sem perder o ânimo de continuar lutando até o fim. Não se desespere diante das aflições. Se perdermos uma batalha, vamos nos levantar, retirar o pó e seguir em frente. É muito melhor perdermos uma batalha para que mantenhamos a consciência da guerra, do que acostumarmos somente com vitórias e acomodarmos como se já tivéssemos conquistado tudo e sermos pegos de surpresa pelo inimigo. 
     Jesus disse aos seus discípulos que eles passariam por aflições, mas não poderiam abrir mão do bom ânimo. A vitória ou a derrota depende de nós, mas a pior derrota é a de quem desanima, João 16:33.
Em Daniel 12:13 está escrito: "Tu, porém, segue o teu caminho até ao fim; pois descansarás e, ao fim dos dias, te levantarás para receber a tua herança". 
     O apóstolo Paulo fortaleceu os irmãos da Galácia com as preciosas palavras registradas em Gálatas 6:9 dizendo: "E não nos cansemos de fazer o bem, porque a seu tempo ceifaremos, se não houvermos desfalecido".
Pensemos nessa declaração: "Há homens que lutam um dia e são bons; há homens que lutam muitos dias e são melhores; há outros que lutam anos e são excelentes; mas há os que lutam toda a vida e são os imprescindíveis" (Bertolt Brecht).
     Uma pedra preciosa torna-se valiosa por causa da fricção que sofre; o ouro ao passar pelo fogo torna-se mais puro e mais precioso, portanto os homens e mulheres se tornam melhores após passar pelas provas. Já dizia o poeta sacro: "Os mais belos hinos e poesias foram escritos em tribulação; e do céu as lindas melodias se ouviram na escuridão". José, filho de Jacó, foi vítima de perseguição, inveja, traição por parte de seus irmãos que o venderam como escravo, mas após todos os dissabores pode mostrar aos seus irmãos algo tremendo: "Vocês intentaram o mal contra mim, mas Deus transformou em bênção, como hoje vocês podem ver".
     Aqueles que possuírem vontade firme transformarão em auxílio cada obstáculo, serão firmes como a águia e aproveitarão os ventos contrários para alçarem vôos mais altos. Em Isaías 40:31 diz que "Mas os que esperam no Senhor renovarão as suas forças e subirão com asas como águias; correrão e não se cansarão; caminharão e não se fatigarão".
     Todas as pedras que são lançadas contra aqueles que são determinados poderão ser usadas para ajudar na edificação de seus edifícios. Nada se perde. Dizem que, aos que possuem espírito de vencedores, até um chute no traseiro lhes será bem vindo, pois ajudarão a irem mais rápidos para frente, rumo aos seus alvos de conquista.
     Nunca permita entrar no time dos medíocres, pois a vida para estes é muito dura, só conseguem ver dificuldades. Os vencedores vêem pela frente sempre oportunidades, mesmo que seja em algo aparentemente negativo. Avancemos sempre, pois se nos mostrarmos frouxos, não acharemos força quando mais precisarmos.
     Você e eu podemos nos tornar grandes conquistadores, mas para isso é necessário acordarmos, levantarmos, encararmos os desafios e avançarmos sempre na força e graça do Senhor Jesus.
     Roberto Shinyashiki, disse que há três tipos de pessoas na luta do dia a dia: "os fracos, que estão sempre procurando seus direitos; os bons, que procuram cumprir seus deveres; os sensacionais, que buscam oportunidades para superarem e realizarem seus propósitos".
     Se você está em profunda escuridão por causa de alguma providência estranha e misteriosa, não tenha medo. Simplesmente prossiga, em fé e amor, sem duvidar. Deus está velando, e Ele tirará o bem e alguma coisa bela de todo o seu sofrimento e lágrimas.

Um abraço,
Pr. Wanderley da Silva
Postar um comentário