segunda-feira, 21 de março de 2011

O FILHO TOLO QUE NÃO APRENDEU COM OS ERROS DOS PAIS

O primeiro capítulo de 2 Reis trata de um assunto que nos traz preciosas lições. Vemos o reinado de Acazias, filho do desastrado Acabe e Jezabel. Uma pessoa insensível, pois não aprendeu nada com os erros de seus pais, que trouxeram muita desgraça para o povo de Isarel, não só permitindo cultos a Baal, mas sendo seus principais promotores. Tiveram um fim trágico.
Acazias, ao perder os privilégios do povo de Moabe, que resolveram romper com Israel, devia estar preocupado. A Bíblia diz que ele caiu de uma janela no alto e adoeceu. Certamente, por agravar a doença, não lembrou de consultar o Deus de Israel, também porque não tinha moral para fazê-lo. Mas como Deus é misericordioso sua sorte poderia ter sido outra. Enviou mensageiros para consultar Baal-zebube, deus de Ecrom para ver se sararia daquela doença.
Deus, que é mais esperto que o diabo, enviou Elias, seu profeta para encontrar com os mensageiros e já dar a sentença: volte ao rei que lhes enviou e diga-lhe: porventura não há Deus em Israel para consultares Baal-zebube? Da cama a que subiste não descerás, mas sem falta morrerás. É isso que dá ignorar ou manter-se distante de Deus.
"Bem aventurado aquele que confia no Senhor e anda nos seus caminhos. Comerá do trabalho de suas mãos, feliz será e tudo irá bem". Por outro lado, aqueles que buscam a falsidade, comerão do fruto amargo.
Em seguida vieram cinquenta homens liderados por um capitão que queriam pôr as mãos no profeta, mas ele possuía crédito diante de Deus, portanto apenas disse: "Se sou homem de Deus, desça fogo do céu e consuma a ti e teus cinquenta" - e aconteceu. O mesmo se deu com o segundo capitão e seus cinquenta. Da terceira vez Elias sob a ordem de Deus desceu e foi com eles até o rei Acazias. Olho no olho, Elias declarou a mesma verdade. Quando somos homens ou mulheres comprometidos com Deus sabemos quando liberar a palavra e não tememos os que se levantam contra. Quem defende o profeta é Deus.
Aprendemos nesse episódio bíblico que:
1) Não basta estar entre o povo de Deus (Israel) é preciso ter aliança com Deus;
2) Não interessa ser líder do povo de Deus e esquecer o Deus do povo;
3) Por mais que a situação seja desagradável, só Deus nos é suficiente;
4) Mesmo errado em suas atitudes o melhor é buscar a Deus e viver em paz com Ele;
5) O homem de Deus precisa ser ágil, pois os mensageiros do engano estão na estrada;
6) Deus é mais esperto que o diabo;
7) Se Deus não te responder como queres, espera nele somente - é melhor o não de Deus do que o sim do diabo; prefiro o silêncio de Deus, do que a voz do diabo;
8) O homem de Deus é protegido por Deus e pelo Seu poder;
9) Discernimento é fundamental ao líder para não cair na cilada do inimigo;
10) A palavra de Deus se cumpre tal como fora dita.

Deus te abençoe!



Postar um comentário